Obrigado pela visita!!!

sexta-feira, 23 de maio de 2008

CAMISOLA POVEIRA - PÓVOA DE VARZIM.

Camisolas de lã branca, bordadas em ponto de cruz com motivos em preto e vermelho(escudo nacional, com coroa real,siglas, remos cruzados etc.) produzidas por dezenas de artesãs poveiras que destinam a sua produção às casas de artigos regionais.


"A camisola poveira era inicialmente(primeira metade do século XIX) feita em Azurara e Vila do Conde e bordada na Póvoa pelos velhos pescadores.

Em evolução, passou a ser bordada pelas mães , esposas e noivas dos pescadores , e , depois feita e bordada na Póvoa" .

Esta peça integrava o traje masculino de romaria e festa do pescador poveiro, cuja origem remonta ao primeiro quartel do século XIX.

Este traje branco ou de branqueta ( tecido manual) foi o que mais perdurou , mantendo - se até finais do século passado, sendo sempre o traje escolhido aquando da presença de elementos da comunidade junto das mais altas individualidades políticas.

Com a grande tragédia marítima de 27 de fevereiro de 1892, o luto decretou a sentença de morte deste traje branco, assim como de outros trajes garridos.

A camisola poveira,sobreviveu,
ainda , pela primeira metade do século XX, mantendo - se como peça de luxo de velhos e novos.

A recuperação do vistoso traje branco deveu - se a Santos Graça que, ao organizar o Grupo Folclórico Poveiro,em 1936, o ressuscitou e divulgou.

"hoje a classe piscatória já não se vislumbra qualquer vestígio do modo de trajar antigo. Nem mesmo essas camisolas poveiras(...)traduzem uma realidade atual".


Fonte: Câmara municipal da Póvoa de Varzim.

Um comentário:

Vilma J. Perez disse...

Olá Luiz.Estou adorando seu espaço aqui na net.Sua página de folclore é a mais bonita que eu já vi.Adorei o bordado dessa blusa.Parabéns amigão.