Obrigado pela visita!!!

domingo, 24 de maio de 2009

RANCHO FOLCLÓRICO E ETNOGRÁFICO ALMA LUSA - IJUÍ - RIO GRANDE DO SUL - BRASIL.


A partir da criação do Centro Cultural Português de Ijuí, os descendentes das famílias portuguesas que o integravam, começaram a sentir, cada vez mais, a necessidade de que, também, os mais jovens luso descendentes pudessem conhecer e cultivar as tradições da pátria de origem de seus antepassados. Surgiu, então, a idéia da formação de um rancho folclórico. O folclore é uma grande paixão do povo português, a maneira pela qual ele mais gosta e expressar suas tradições. Portanto, não poderia faltar um rancho folclórico nas atividades do Centro Cultural Português de Ijuí.

Essa idéia acabou se concretizando no dia 7 de outubro de 1993, com a fundação do “Rancho Folclórico Alma Lusa” (que mais tarde teve o nome alterado para Rancho Folclórico e Etnográfico Alma Lusa), inicialmente sob a direção de Pedro Darci de Oliveira, integrado por jovens membros do Centro Cultural Português.

Fixou-se que o objetivo do grupo seria a pesquisa, cultivo e divulgação do folclore e da etnografia portuguesa, principalmente da Região Autônoma dos Açores, origem da maior parte da comunidade portuguesa radicada na região de Ijuí. O relacionamento direto estabelecido pelos dirigentes desse grupo com os grupos folclóricos de Portugal tem permitido que o Rancho Folclórico e Etnográfico Alma Lusa possa transmitir ao público em geral, nas suas apresentações, o que há de mais fiel ao folclore português.

Anualmente, o grupo é digno representante do folclore português no Encontro das Comunidades Portuguesas e Luso Descendentes do Cone Sul, encontro que a cada ano é sediado em um dos clubes portugueses da Argentina, Uruguai e Brasil (Rio Grande do Sul).O Rancho Folclórico e Etnográfico Alma Lusa tem como padroeira Nossa Senhora do Rosário, por ser essa santa a evocada no dia 7 de outubro (data de fundação do grupo) no calendário litúrgico da Igreja Católica.O trabalho do grupo foi evoluindo e seus estudos passaram a abranger danças, cantares, trajes, instrumentos musicais, utensílios de trabalho, religiosidade, literatura e linguagem popular.
Visite:www.rfealmalusa.org

Nenhum comentário: